Ouça agora na Rádio

N Notícia

Problema em barragem de Brumadinho foi detectada antes da ruptura

FOTO: © AP Photo / Andre Penner

Problema em barragem de Brumadinho foi detectada antes da ruptura

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) apurou nesta semana que uma deformação na barragem de Brumadinho (MG) foi detectada em monitoramento da Vale antes da ruptura ocorrida em 25 de janeiro.

Informações Compartilhadas Sputnik Brasil

A tragédia, segundo Defesa Civil de Minas Gerais, deixou pelo menos 246 mortos e 24 pessoas ainda estão desaparecidas.

O arquiteto Tércio Andrade Costa, funcionário da Vale responsável por operar equipamentos chamados de radares interferométricos, apresentou dados observados no monitoramento 11 dias antes do rompimento.

"A última leitura que fiz foi dia 14 de janeiro. Até então, as áreas com deformação identificadas pelo radar eram de, aproximadamente, 200 ou 400 metros quadrados. Em janeiro, o equipamento identificou uma área com 14,8 mil metros quadrados. Quase 1,5 hectare", disse Tércio aos parlamentares nesta segunda-feira.

De acordo com Tércio Andrade, as medições na barragem de Brumadinho tiveram início em março de 2018. A área de 14,8 mil metros onde foi detectada a deformação, quando analisada em todo o período de monitoramento, apresentava um gráfico em linha reta. Por outro lado, o gráfico revela tendência para virar uma parábola ao se considerar apenas as medições entre dezembro de 2018 e o dia 25 de janeiro, data em que ocorreu a ruptura.

"Quando isso ocorre, quer dizer que a área começou a se deformar mais rapidamente num curto período de tempo. A isso chamamos de deformação progressiva", explicou Tércio, citado pela Agência Brasil.

A Vale, no entanto, alegou que o equipamento estava operando em modo de teste. "A orientação era que os resultados apontados pelas ferramentas de monitoramento fossem posteriormente analisados in loco pela inspeção da equipe de geotécnicos para confirmação ou não de anomalias observadas nos instrumentos", registra a nota da empresa.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia