Ouça agora na Rádio

N Notícia

Polícia investiga caso de suposta ameaça de ataques em escolas de Piratuba e Ipira

FOTO: Michel Teixeira

Polícia investiga caso de suposta ameaça de ataques em escolas de Piratuba e Ipira

A Polícia Civil investiga um boato de suposto ataque em escolas de Piratuba e Ipira. O caso foi parar na delegacia de polícia quando o jovem teria ido prestar esclarecimentos após, segundo ele, ter sido mal interpretado. E.J.C.H., disse que teria feito os comentários em tom de brincadeira. Durante a manhã desta quarta-feira (27), as polícias Civil e Militar e o Conselho Tutelar estiveram na Escola Amélia Poletto Hepp monitorando a situação.

A direção da escola e a Secretaria de Educação também ficaram atentas ao acontecimento.

Um dos jovens, supostamente marcado num post da rede social, estava nas proximidades, e isso ocasionou a preocupação das autoridades. As incertezas e poucas informações sobre o que estava acontecendo causaram pânico entre alguns pais. Nas redes sociais, os pais trocavam mensagens sem parar. Alguns deles não permitiram que seus filhos fossem na aula e outros, inclusive, foram buscá-los quando os boatos começaram a se espalhar pela manhã desta quarta-feira.

Além de E.J.C.H, outro jovem, menor de idade, também estaria envolvido na suposta brincadeira. Nas imagens, o jovem que supostamente faz a ‘ameaça’ aparece segurando aparentemente armas de fogo. O caso é investigado e mais detalhes não foram divulgados para não atrapalhar os trabalhos policiais.

FONTE: Regional FM
Link Notícia